BlogUncategorizedUm mapa natal não é bom nem ruim

 

Por Galileu Lins*

Não há como se falar em mapa natal na perspectiva de “bom ou ruim”.

Reflita comigo.

O seu mapa natal é um diagrama representando a configuração celeste no momento exato do seu nascimento, considerando a localidade.

Através deste diagrama, é possível verificar qual a interação de energia que ocorria, tanto as harmônicas quanto as mais tensas, e você, ao nascer, de alguma maneira, se conecta com este padrão de energia e o desenvolve ao longo da vida.

Quando olhamos para o céu, vemos a dança dos astros ocorrendo harmonicamente, tudo como deve ser, com ritmo, direção e sincronia.

O nosso mapa natal trata da correlação de nossas vidas com esta bela dança.

Ou seja, por aqui também tudo ocorre como deve ser, porém não estamos mais apenas admirando a dança de longe, mas somos os dançarinos, sentindo os prazeres e os eventuais incômodos ao longo da performance.

Você possui um padrão de energia que cumpre a sua função na Vida, em sentido amplo, na sua própria vida e nas que você toca, de alguma maneira.

Sendo assim, não há que se falar em mapa natal bom ou ruim, pois este apenas representa um padrão de energia dentro da realidade da existência, que, como já mencionado, cumpre a sua função.

Mas dá sim para dizer que nos sentimos cada vez melhores quando cumprimos a função proposta pelo nosso próprio padrão, detalhado em nossa carta natal, nos conectando com a nossa essência, respeitando a nossa própria maneira de ser!

* Galileu Lins é astrólogo e você pode saber mais sobre ele no Instagram, no @galileulinsastrologia

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Redes Sociais