BlogEclipse Lunar e o grito sagitariano por justiça e liberdade.

https://euniceferrari.com.br/wp-content/uploads/2018/05/planet_06.png

Vivemos tempos difíceis. Estamos todos envolvidos em uma crise sanitária com precedentes apenas em filmes de ficção, uma espécie de guerra, cujo inimigo é invisível. Distanciamento social, isolamento, confinamento, quarentena de cem dias, tensão, pressão, álcool, máscaras, incertezas, ansiedades, medos; todos nós stamos envolvidos em um círculo vicioso que parece não ter fim. A rotina tem nos massacrado.

A sensação de que o mundo que construímos, dentro e fora de nós, está desmoronando é imensa; a angústia e o desamparo vão ganhando espaços e tudo começa a fragmentar-se diante de nossos olhos. Estamos todos impotentes, nem a ciência nos ampara neste momento. Os medos aumentam, pois hoje, vivemos uma situação de ameaça real, que não fazem parte do nosso imaginário.

É preciso enfrentar a realidade, que se coloca muito dura diante de nós. É importante não cairmos nas armadilhas da onipotência, acreditando que nunca acontecerá conosco ou na negação do perigo real de morte. Estamos todos na mesma tempestade e ninguém pode fugir dela.

Nesta sexta feira, 05 de Junho, às 16h26′, teremos um eclipse lunar, ou seja, um eclipse de Lua Cheia aos 15 graus de Sagitário.

Eclipses são fenômenos que nos empurram para as mudanças importantes, que marcam finais e inícios de ciclos na vida de todos nós.

Este será o segundo, num total de seis eclipses que viveremos até o fim deste ano. Começamos a sentir as energias dos eclipses, algumas semanas antes de sua data, normalmente, no período de um mês antes dos eclipses, somos surpreendidos por acontecimentos que serão divisores de águas em nossas vidas.

Eclipses impactam nossas vidas pessoais e coletivas, influenciam nosso inconsciente pessoal e o coletivo, apontando para mudanças em nossas vidas e na vida da humanidade. As mudanças começam a acontecer e se estendem por um período que pode durar de seis meses a dois anos. A cada passagem de um planeta que aciona o ponto onde o eclipse aconteceu, outros acontecimentos, referentes à situação primeira, eclodem novamente, até que a mudança seja efetiva, completa.

Sexta feira teremos um eclipse em Sagitário, o que, coletivamente, já podemos perceber o desenho do que está por vir, ou seja ele já está promovendo algumas mudanças na consciência do coletivo. Sagitário é o signo da justiça, da liberdade, da consciência cósmica, da união do Homem com o Divino. Já podemos ouvir o grito de Sagitário por justiça social, através das explosões sociais antirracistas e antifascistas em nosso país e em muito outros. Perceba que começou nos EUA, reverberou por aqui e agora começa a se espalhar por todos os países.

Lembrem-se que estamos caminhando para uma Nova Era, que não tem uma data exata para começar, porque, como tudo, faz parte de um processo, que há décadas vem se desenhando e transformando nossa consciência para um novo passo evolutivo. Não somos só nós que estamos envolvidos nesse processo evolutivo, mas todo planeta, nosso sistema solar com todos os planetas e todos os outros sistemas solares, dos quais fazemos parte como um elo de uma grande corrente. Temos, individual e coletivamente, uma grande responsabilidade nas mãos. A mudança acontecerá aos que estão abertos para ela e para os mais resistentes. Ela não depende apenas de nós.

Por estarmos mergulhados nessa grande mudança, devemos estar preparados para tudo o que virá daqui para frente. Hoje vivemos uma pandemia sem precedentes nos tempos modernos, mas virão outras formas de provações, pessoal e coletivamente e devemos nos preparar para enfrentar a realidade, que já começa a ganhar novos contornos. É uma passagem, um pedaço mais difícil que já estamos imersos. O melhor que podemos fazer neste momento, é encontrar um sentido maior para tudo isso, para tornarmos essa passagem o menos dolorosa possível.

Abrir nossos corações, entendermos que fazemos parte de uma única família humana, que não existem raças ou muros que nos separam, ue somos, de fato, todos iguais, todos filhos dos mesmos Pais, todos habitantes de uma única casa, nossa casa azul, nosso planeta. Procuremos entender que somos uma pequena célula, que fazemos  parte de um planeta, que faz parte do sistema solar e que, junto com mais seis sistemas, faz parte de um sistema ainda maior. Nossa consciência deve se expandir nesse sentido, no sentido de uma grande família universal e cósmica.

Individualmente, temos um grande trabalho, o de equilibrar e integrar nossos vários sistemas: o físico, o mental, o emocional e o espiritual. E isso também não é tarefa fácil. A partir do micro, encontramos o macro. É apenas uma questão de começar a expandir nossa visão.

O mais importante deste eclipse, é a busca do sentido e da igualdade para todos, o grito da Era de Aquário. É fundamental darmos mais um passo no caminho da evolução de nossas almas e da alma do nosso planeta.

Una-se a essa energia transformadora que já está no ar e conecte-se com aquilo que, em sua vida, faz verdadeiro sentido. Medite e comece já.

One comment

  • Silvia

    04/06/2020 às 11:24 AM

    E como este eclipse afecta cada um dos signos? Obrigada

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Redes Sociais